Posts

Showing posts from January, 2012

O que seria de mim sem inglês?

Estou dando uma pausa numa redação que preciso entregar amanhã na faculdade para tirar a poeira do blog. Na verdade o tema da redação, comparar a língua portuguesa com a língua inglesa com suas similaridades e diferenças, trouxe uma pergunta que de vez em quando eu me pego imaginando...
O que seria da minha vida agora, se eu não tivesse aprendido inglês?
Eu estudei durante 5 anos na Wizard em São Paulo e ao contrário do que eu já ouvi por aí, posso dizer com orgulho que foi lá que aprendi o idioma. Tive ótimos professores, e aprendi muita gramática, vocabulário e pratiquei muita conversação. Quando cheguei aos EUA, claro que tive um enorme aprimoramento, principalmente na parte oral e também de compreensão.
E olha que não foi fácil, eu tinha que estudar sábado de manhã e sabádo de tarde em alguns períodos, "arruinando"o meu final de semana.
Nem preciso dizer que o esforço valeu a pena, certo? Mas quando eu imagino o que teria acontecido, ou melhor, o que não teria acontecido…

Você é brasileira, NÉ?????

Durante o tempo que moro nos EUA, já encontrei muitas pessoas que me disseram esta frase. Algumas pessoas com alegria, surpresa e outras quase de uma forma acusatória. Deixe-me explicar...
Todo mundo sabe que quando aprendemos inglês, temos dificuldades com a pronúncia de certas palavras porque simplesmente não temos alguns sons no nosso idioma, como o famoso TH que tortura a todos nós. Há também o jeito que pronunciamos as palavras, não sei se vocês já repararam, mas geralmente acrescentamos um I no final das palavras como "Goodi morning, I ami finei"... etc, etc. Estes vícios acabam indo embora com o tempo quando vivemos no exterior e ouvimos como as palavras são pronunciadas e corrigimos estes pequenos erros aos poucos.
Só que inglês não é a nossa língua mãe, e mesmo que você tenha a melhor pronuncia do mundo, vai chegar um dado momento, que o sotaque vai "te denunciar".
Pessoalmente (quero enfatizar isto), não me incomodo com o sotaque, mesmo suave que ainda ca…

Eu não falo mecanicanez, moço!

Segunda-feira após o primeiro dia de aula da faculdade, pego o meu carro no estacionamento da faculdade e dirijo pra casa.
Como a nossa garagem quase cabe o carro certinho, eu manobro o carro e entro de ré.
Então como todos os dias eu manobro o carro e quando tento engatar a ré, a marcha não entra de jeito nenhum. Faço força, coloco o pé no freio e nada. E nem entra na marcha Parking, que é o que chamamos no Brasil de ponto morto.
E agora? Estou atravessada no meio da nossa rua e não tenho ré e nem posso estacionar. Nada de pânico, desta vez. Simplesmente viro o volante e volto para a avenida, como estava vazia, dei meia volta e entrei novamente na nossa rua, desta vez estaciono na vaga do carro do meu marido, ao lado da nossa casa. Tento novamente colocar a marcha em parking e nada. Então deixo no ponto neutro e desligo o carro. Anta! Sem puxar o freio de mão, o carro desce e bate na guia, mas sem maiores problemas.
O problema agora é que eu não consigo tirar a chave da igni…

Um pouco sobre o clima da Califórnia...

Estava lendo o post que a Aline do blog  Noiva e Expatriada escreveu sobre San Francisco e lembrei de quantas vezes encontrei pessoas reclamando e até mesmo amaldiçoando o clima daqui.
Na cabeça de muitas pessoas, inclusive na minha quando mudei-me pra cá, Califórnia é sinônimo de calor, Sol e praia o ano inteiro. Bastou apenas alguns dias por aqui e me deparei com neve. Sim NEVE!
Não na região da Baía de San Francisco, mas ao norte do estado a região é bem montanhosa e neva bastante.  Um lugar bem badalado no inverno e que ainda não tive a oportunidade de conhecer é Lake Tahoe, com um imenso lago azul e muitas estações de ski.
São Francisco é um lugar à parte. Na maior parte do ano a temperatura gira em torno de 15 graus, mas dependendo do bairro (principalmente os próximos ao Oceano Pacífico) a temperatura é mais baixa e tem sempre a famosa neblina. Verão em San Francisco é sinônimo de frio e muita neblina, para decepção de muitos turistas. Os dias mais quentes e ensolarados geralme…

I am back

Meu marido disse que ficou decepcionado com o cancelamento do blog, entao voltei....
Estava insatisfeita com o caminho que o blog estava tomando.
Enfim... Ano novo, blog novo, agora pra ficar de vez. Infelizmente is posts anteriores nao podem ser recuperados, assim que voltar para a califa escrevo um post decente.
Feliz 2012 para todos.

Eliana