Posts

Showing posts from July, 2012

Quando os pequenos acidentes ocorrem...

No meio de um jantar romântico, após uma gostosa conversa sobre ser otimista diante das dificuldades e obstáculos da vida meu marido pede licença para ir ao banheiro. Ao retornar, ele sorri para mim e quando vai sentar se tropeça no pé da mesa fazendo com que o meu copo cheio de água vire em câmera lenta e toda a água caia em cima de mim. Enquanto o meu marido pede milhões de desculpas, caio na gargalhada. Ótima oportunidade para colocar o otimismo em pratica. Pelo menos era apenas água :-)

New York

Image
Em New York me sinto em casa. O barulho, a agitação, o trânsito. Tão típico de São Paulo. O subway lotado e confuso, a sujeira e tanto português pelas ruas!
Andar pelas ruas de New York é como estar num filme, no seriado preferido. É esperar ver a senhora sem-teto que era amiga dos pombos em Central Park e Tom Hanks pulando no grande piano da Fao Schwarz. É andar pela 5th Avenue e quase ver a Carrie Bradshaw namorando um sapato novo ou olhar para o alto dos arranha-céus e ver o Homem-Aranha indo salvar alguma mocinha indefesa.
New York é especial porque foi cenário das minhas aventuras e andanças no primeiro ano em que estive nos Estados Unidos e morei na East Coast. Foi lá, no aeroporto JFK que coloquei os meus pés em solo americano pela primeira vez.
Pisar novamente em solo nova-iorquino foi bom e triste ao mesmo tempo. Todas as boas recordações vieram a memória, mas fez a saudade de pessoas queridas aumentar. Pessoas que andaram comigo por aquelas ruas e pessoas que desejo muito um…

Os donos de toda a verdade

Durante o tempo em que moro nos EUA encontrei muitos, mas muitos brasileiros de todas as regiões do país e de todas as classes sociais. Independente de onde veio e o que veio fazer aqui, existe uma categoria de patrícios que são extremamente irritantes e que prefiro manter distância: aqueles que sabem e conhecem tudo,  generalizam tudo, odeiam o Brasil e os tipos "água e óleo".

1 - O tipo sei tudo, conheço tudo e generalizo tudo

Tem coisa mais irritante do que tentar manter uma conversa com uma pessoa que sabe absolutamente tudo sobre tudo? Este tipo geralmente coleta informação dos outros, de coisas que ouviu falar ou então viu na televisão e geralmente não sabe a história inteira ou todos os fatos. Mas acaba fazendo de sua própria opinião a verdade absoluta e ai de você se tentar contrariá-lo, especialmente em frente a outras pessoas. Explica pra mim como uma pessoa que morou a vida inteira no Sul do Brasil tem autoridade para falar sobre o Nordeste? Ou alguém de São Paulo…