Posts

Showing posts from January, 2013

Vale a pena cuidar do seu jardim...

Não, o meu post hoje não é sobre jardinagem. Apesar que foi um momento enquanto eu cuidava do meu jardim que me veio a inspiração para escrever esta mensagem. Porque o meu jardim tem me ensinado pequenas e preciosas lições sobre a vida.

Quando mudei-me para a minha atual casa não havia flores bonitas e bem cuidadas nos canteiros, apenas umas flores amarelas emaranhadas que mais pareciam ervas daninhas. Mas não eram. Elas só precisavam ser podadas e regadas para crescer e florescer ainda mais.
É muito fácil reclamar que a  vida está vazia, sem beleza e sem alegria. Mas assim como flores não nascem se não forem plantadas, não veremos resultados positivos na nossa vida se não tomarmos em primeiro lugar a decisão de cuidar da nossa vida e fazer o que for preciso para alcançarmos as nossas metas. Assim como aquelas pequenas flores que pareciam apenas ervas daninhas, o que pode estar faltando não somente na vida, como nos relacionamentos é apenas a sua atenção.

Para plantar novas flores foi p…

"Fala demais por não ter nada a dizer..."

Internet é um espaço público que nos dá uma certa segurança e conforto para dizermos o que quisermos e bem entendermos. E o que não falta por aí são blogs e sites com informações ótimas sobre tudo e mais um pouco, idéias inteligentes que nos fazem pensar sobre a nossa vida, nossas certezas, nossas crenças. Tem  coisas engraçadas que nos fazem rir e histórias emocionantes que nos fazem chorar, como se estivéssemos ouvindo um desabafo de um amigo querido.
Eu gosto muito de blogs, através dele durante a minha vida de expatriada conheci pessoas maravilhosas e aprendi tanto com a experiência alheia... é por isto que continuo mantendo o blog e leio com frequência os blogs da lista ao lado.
Porém, há sempre aqueles que estão por aí para usar o blog como uma arma. Para destilar fogo e veneno, ser mal-educado e criticar os outros, com a desculpa de que o blog é meu e eu falo o que quero. É verdade, você tem razão.
Mas a minha mãe e principalmente a vida me ensinou que quando não temos algo de …

Você pode tirar uma paulistana de São Paulo, mas...

... jamais irá tirar a paulistana de dentro de mim!

Enquanto esperava o meu marido terminar uma reunião de trabalho, estava usando o meu laptop na Starbucks para matar tempo. Bendita seja a wi-fi gratuita!
Sentei, tomei meu chá e estava tudo bem até que apareceu a vontade de ir ao banheiro. E agora José?
Eu como boa brasileira, não pensaria duas vezes no que fazer. Colocar tudo dentro da mochila e levar comigo no banheiro, mas esta opção soa tão estranha aqui... afinal aqui é primeiro mundo né? Já vi bolsas, laptos e até mesmo celulares abandonados em mesas enquanto o dono está em outro lugar e ninguém parece se importar. O estranho mesmo é empacotar tudo, levar com você e depois retornar a mesma mesa. O pior ainda é quando o lugar está cheio e se você for, vai acabar ficando sem lugar pra sentar...
E enquanto eu estava calculando quanto tempo iria demorar pra ir e voltar e se daria muito na cara deixar as minhas coisas sozinhas na mesa, dei um tapa na testa e falei pra mim mesma: &qu…

A minha jornada para chamar os EUA lar...

Este post vai ser longo, mas vejo a necessidade de compartilhar a minha jornada porque durante os anos em que pesquisei o que fazer, pouca foi a informação que obtive e as que obtive foram confusas e contraditórias.

Cheguei nos Estados Unidos em fevereiro de 2007 como intercambista. A forma mais barata e segura que tinha para realizar o meu desejo de conhecer o mundo, falar "inglês de verdade" e aprender novas culturas foi através do programa Au Pair. Hoje em dia virou "sonho" de muita garota no Brasil ser au pair, quando eu vim pra cá ainda era um pouco novidade o programa. Pesquisei muito, conheci pessoas maravilhosas que até hoje são minhas amigas, recebi apoio de alguns e critícas de muitos, até mesmo de família. O meu sonho era ir mesmo pro Canadá, aquela terra me atraía de uma forma que não tinha como explicar, mas as condições para obter o visto estavam fora de cogitação. Inglaterra então nem pensar, os olhos da cara! Então tá né, bora pros EUA!

Meu primeiro…