Posts

Showing posts from April, 2014

"Eu moro onde você tira férias!"

"Eu moro onde você tira férias!" era o nome de uma comunidade no Orkut onde as pessoas se gabavam em morar em lugares "legais". Paraísos tropicais, cidades cosmopolitas, destinos exóticos... aqueles lugares que a gente sonha em conhecer um dia e às vezes com muito esforço consegue juntar uma graninha e fazer uma viagem por alguns dias.
Mas existe uma enoooooooorme diferença entre morar e passear em um lugar. Muitos conhecidos e amigos acham o máximo eu morar na Califórnia. Eu amo morar aqui, mas existe uma diferença enorme da vida que eles acham que eu levo e a vida que eu realmente tenho aqui.
Pra eles, eu vivo aproveitando o Sol e calor a beira da praia, ou passeando pelas ruas charmosas de San Francisco, comendo em restaurantes caros e indo passear todos os finais de semana naqueles pontos turísticos maravilhosos. E claro, indo nos shoppings e outlets da vida para aproveitar todas aquelas incríveis promoções! Porque rotina não existe na Califórnia, não é mesmo? …

O mito do fio dental ou fraldão

Image
Quando vim para os Estados Unidos no ano de 2007 era unânime a opinião das pessoas que eu tinha contato aqui sobre moda íntima feminina.
Enquanto eles tem um sistema maravilhoso para compras de sutiã - baseado no tamanho do bojo e a circunferência das suas costas - sempre ouvi falar que as opções para compra de calcinha era um horror e basicamente caia em duas categorias. Fio dental ou calçolão da vovó.
Fiquei apavorada e levei um monte de calcinhas comigo o que foi ótimo, porque realmente era verdade!
No entanto, no ano de 2014 isto virou um mito dissipado entre intercambistas, viajantes e expatriados e que hoje eu decidi fazer um favor pra mulherada e dizer que existe sim várias opções (pelo menos na Victoria Secrets) e que a qualidade e o preço são camaradinhas - sempre tem promoção de 5 por 25 dólares com renda, sem renda, com frufru, lisa, etc, etc...
As que são mais parecidas com o modelo que temos no Brasil - aquela que não cobre tudo  chama-se Cheekini/Cheeky. Abaixo vou coloc…

Você seria capaz de fazer isto?

Perdão.

Uma palavrinha tão pequena, mas tão difícil de ser colocada em prática - de verdade - em nossas vidas. Quem é que nunca teve uma decepção na vida, ficou com raiva ou ódio de alguém e passou um tempo (pouco ou muito) preso ao rancor. E mesmo que conscientemente saibamos que não faz bem para o espírito, coração e corpo não perdoar alguém, é tão difícil perdoar!
Esta semana li o POST no blog da Bah que fala sobre ingratidão. Não tinha nada a ver com perdão, mas me fez recordar a ausência de amigos nos últimos meses, justamente no momento em que estou mais fragilizada e precisando deles. Mentalmente já os estava riscando do livrinho da amizade e os movendo para a posição de conhecidos. Mas não sentia paz, estava ficando triste. Chorei, reclamei, até que parei e orei. E ouvi uma voz sussurrando em meu ouvido: "Perdoe".
Pode até ser que eles estejam distantes de mim, ou tenham me dito as palavras erradas nos momentos errados, mas eles tentaram o melhor deles. Ou até mesmo …

Coisas de Paulistano / Coisas de São Paulo...

A Copa está chegando!! E muitos dos meus amigos e familiares que moram na cidade de São Paulo só pensam em uma coisa: Fugir de lá!!!
Mas este post não é sobre a Copa e a loucura que vai ficar aquela cidade... este post é sobre duas coisas super interessantes que encontrei nas minhas andanças na internet que são resultado da preparação para chegada de turistas nacionais e estrangeiros à cidade e estado de São Paulo.
A primeira iniciativa de tentar integrar este povo todo é o site que tem Dicionário de Paulistanês. Eu moooooooorri de dar risada lendo sobre as palavras, relembrando histórias, gírias, comidas, lugares. É bem legal e confesso que aprendi muitas coisas porque afinal, fora do país por 7 anos muita coisa muda, inclusive as gírias e a própria linguagem.
Outra coisa bem legal foi o guia de turismo para passeios curtos nas cidades do Estado desenvolvido pela secretaria de Turismo de São Paulo. As informações são úteis e os roteiros bem variados e para todos os gostos. E confesso…

Rir é o melhor remédio!

Esta semana um casal de amigos muito querido vieram jantar comigo e me fazer companhia enquanto o meu marido estava num jantar de trabalho.
Enquanto jantávamos, contei pra eles sobre as duas senhoras idosas que haviam sido esquecidas no aeroporto (história aqui) e então meu amigo entendeu a história errada, achando que o aeroporto tinha sido fechado e elas tinham ficado lá pra sempre e começou a imitar o que seria a conversa das velhinhas. Só sei que a gente riu, riu, riu tanto que a barriga doeu e as lágrimas sairam do rosto.
Foi um momento tão bobo, tão "comum", mas sentada àquela mesa me dei conta que eu não ria daquele jeito há muito tempo... e isto me deixou com uma mistura de sentimento de muita gratidão por ainda ter estes momentos com amigos e tristeza porque a vida só vale a pena se for aproveitada.
Sei que ando vivendo muitos momentos de preocupação e apreensão por causa da minha condição de saúde, mas quero ser a pessoa que sempre fui, otimista e tentar enxergar a…

Inquietações numa noite de insônia...

Novamente acordei 3 da manhã e nada neste mundo me fez voltar a dormir. Então decidi pegar o celular e comecei a ler blogs, notícias, twitter feeds... e as inquietações dentro do meu coração claro, só aumentaram.
Há alguns dias alguns assuntos atuais tem povoado a minha mente e olha, como é difícil hoje em dia manter uma conversa além do oi, tudo bem, novis? Tanta coisa intrigante, irritante, revoltante acontecendo aqui, no Brasil, no mundo... cada assunto daria um post enoooorme, mas agora eu só preciso deixar estas inquietações aqui...

Onde é que foi parar aquele vôo da Malaysian Airlines, meu Deus do Céu??? 4 semanas se passaram e ninguém viu, ouviu ou achou nada? Ainda custo a acreditar que nenhum radar/satélite/olho humano encontrou traços deste avião durante todo este tempo... O que me deixa extremamente chateada e triste são as especulações e teorias da conspiração envolvendo este assunto, acho uma total falta de respeito e consideração com os familiares dos desaparecidos. Todos…

Desperdício

Sempre detestei desperdício.
Desperdício de tempo, comida, dinheiro, oportunidade...
Agora, mais do que nunca uma coisa que tem me deixado extremamente triste (e confesso que muito indignada) é como as pessoas desperdiçam as suas vidas com coisas tão insignificantes, lamúrias, problemas que não existem... enquanto isto a vida vai passando, e momentos que poderiam ter sido melhor aproveitados se vão e jamais voltarão.
Fui culpada disto muitas vezes, eu sei. Todos nós temos os nossos momentos bons e ruins. Com a exceção da Pollyanna, ninguém acorda todo dia brincando de jogo de contente e achando a todo momento de desgraça um motivo pra ficar feliz, mas o que quero dizer é que às vezes perdemos muito tempo estagnado com problemas que só existem na nossa cabeça.
Mais uma vez, minha querida amiga patobranquense disse uma coisa que faz sentido: "Parece que o ser humano está sempre criando miséria pra si mesmo, razões para ser infeliz". Acho que isto acontece quando olhamos demais…