Posts

Showing posts from September, 2015

Como assim 4 anos de blog?

Image
Tomei vergonha na cara e resolvi escrever hoje. Tenho alguns posts e idéias nos rascunhos, mas tenho passado por problemas de insônia e às vezes é muito difícil até mesmo lembrar o meu nome completo quanto mais desenvolver um texto e escrever.
Mas hoje eu entrei aqui e quando fui pesquisar os antigos posts pra ver se já tinha falado de determinado assunto, percebi que no dia 8 de agosto de 2011 eu publiquei o primeiro post do blog Paulistana na Califórnia, ou seja, este cantinho já tem 4 anos!
Sempre adorei escrever e desde adolescente mantenho blogs anônimos na internet, o primeiro foi um de poesias, o segundo sobre a minha vida de au pair, o terceiro onde fazia diário contando para minha família e amigos minhas aventuras e agora este aqui, o qual divido um pouco os meus pensamentos, curiosidades e minha humilde vida aqui na Califórnia.
Com a chegada das mídias sociais e a avalanche de informações que elas trazem diariamente em nossas vidas, sei que nem todo mundo tempo ou paciência …

Na minha humilde opinião...

O mundo mais do que nunca está super conectado. A troca de idéias, o acesso às informações ocorrem quase que instantaneamente e no meio deste mundo cheio de mudanças, conflitos, dilemas, disputas e crises parece que precisamos estar informados e claro, dar a nossa opinião sobre tudo o que acontece ao nosso redor.
Não acredito, em minha humilde opinião, que isto seja humanamente possível. Não é possível absorver tudo o que acontece ao redor, entender do que se trata e formar uma opinião em alguns minutos para poder colocar em palavras o que você pensa (ou acha que pensa) sobre o assunto em questão.
Alimente à esta necessidade de dar opinião a intolerância com as pessoas que pensam diferente e pronto, a receita para o desastre está pronta. É tanto bate-boca gratuito, ofensas, chateações que na maioria das vezes prefiro me manter calada, mesmo que por dentro a minha indignação e tristeza estejam fervendo em minhas veias.
Não tenho medo de dizer que não sei o que pensar sobre certo assu…