Posts

Showing posts from October, 2015

Alguma coisa acontece no meu coração...

Toda vez que avisto do avião os primeros prédios de São Paulo o meu coração bate mais forte.
E eu sempre lembro da música Sampa do Caetano. A minha relação de amor e odio pela cidade é uma coisa inexplicável ás vezes.
Caminho por ruas tão familiares, mas tudo parece muito estranho ao mesmo tempo. E começo a reparar em detalhes que passavam desapercebidos antigamente. As ruas parecem mais estreitas, as ladeiras mais íngrimes. As pessoas estão menos simpáticas também...
A cidade me recebeu com uma recepção digna paulistana: céu nublado, garoa. Apesar de todos estarem reclamando muito, gostei do friozinho e até mesmo da chuva que caiu alguns dias por aqui.
A minha família está levando, mas é estranho porque ninguém toca no nome da minha vó é como se nada tivesse acontecido, mas respeito a posição deles. Quando alguém fala algo, escuto e assim aos poucos vou sabendo informações do que aconteceu e de como a família está reagindo.
Sinto-me completamente perdida às vezes, apesar dos lugare…

Back to California

Viajar é uma delícia.
Voltar pra casa também.
Chegamos no sábado de manhã com uma hora de antecedência do previsto e tivemos que ficar de castigo sentados no avião porque a imigração não estava aberta ou o portão não estava disponível. Tudo o que você queria ouvir às 6:30 da manhã depois de 10h de viagem...
Não sabemos se foi este realmente o problema ou se o aeroporto estava sendo preparado para a decolagem de ninguém menos do que o Sr. Barack Obama. Quando ele viaja o espaço aéreo é fechado e existe todo um esquema de segurança (óbvio). Nada pudemos fazer a não ser esperar até nos liberarmos. Imigração tranquila, malas em mão. Só pensava na minha cama.
Sempre dá uma preguiça enorme ter que limpar e organizar a casa antes de viajar, mas eu nunca me arrependo quando abro a porta da minha casa e sei que pelo menos pelos próximos dias a única coisa que preciso fazer é lavar as roupas sujas e comprar comida. Depois de descansar algumas horas acordei com uma fome e uma energia fora do co…

Quimioterapia & Lupus

Semana passada a cantora Selena Gomez confirmou publicamente que ela foi diagnosticada com Lupus. Sempre houveram rumores de que ela tinha a doença, mas as pessoas ficaram surpresas em saber que ela sumiu dos holofotes para tratá-la com quimioterapia. Ela não comentou muito  sobre o assunto e algumas pessoas ficaram em dúvida o que é que Lupus tem a ver com tratamento quimioterápico.
Pois bem, vim aqui fazer a minha parte e esclarecer um pouco sobre o assunto já que também fui diagnosticada com Lupus e também fiz tratamento com quimioterapia. Mais uma vez vale lembrar que Lupus é uma doença auto-imune, ou seja, o sistema imunológico começa a atacar células e órgãos saudáveis do próprio corpo. É uma doença que atualmente não tem cura, e que tem sintomas variados e pode ser fatal se não for tratada adequadamente. Lupus não tem nada a ver com câncer (células malignas crescem incontrolavelmente).
Quando há comprometimento do funcionamento de órgãos vitais como coração, rins e pulmão, trat…

Quando é horrível morar fora...

Estou no meio de uma viagem que esperei há muito tempo fazer. Descobrindo lugares lindos e me encantando com a cultura e as pessoas de Seoul, Coréia do Sul e de Taipei, Taiwan.
E aí ligo pra casa naquela loucura de fuso horário, contando as minhas aventuras quando a minha mãe diz que a minha vó teve um derrame e estava internada. Fico puta da vida porque no meio de tanta tecnologia existente no planeta e fora dele, fiquei sabendo da notícia no dia seguinte do ocorrido. Tento manter a calma e converso muito com a minha mãe sobre a situação dela e faço ela  prometer me mandar mensagem não importa qual seja a hora com novidades.
No dia seguinte saio para fazer um passeio que já tinha programado, mas o coração não está em paz. O lugar é lindo, sorrio para as fotos mas não me sinto feliz. O meu coração está no Brasil, imaginando o que deve estar acontecendo por lá. Aí meu celular acaba a bateria e eu pego a bateria extra e recarrego um pouco. Quase no final da tarde o bateria morre de vez …

California aprova a lei do "direito de morrer"

Na segunda-feira o governador do estado da Califórnia, Jerry Brown assinou a lei "right-to-die", que permite que um paciente com doença terminal solicite medicamentos para terminar sua vida.
Há mais ou menos um ano o debate desta lei cresceu muito no estado quando uma californiana de 29 anos chamada Brittany Maynard apareceu em rede nacional contando a sua história. Ela tinha câncer no cérebro e apenas 6 meses de vida e como no estado não havia lei que permitisse que ela terminasse sua vida, ela se mudou para o estado do Oregon, onde acabou tomando os medicamentos para falecer dia 1 de novembro de 2014.
Nos Estados Unidos apenas 5 estados tem leis que permitem que pacientes com doenças terminais façam suicídio assistido: Oregon, Washington, Vermont, Montana e agora California. A lei será provavelmente válida para o início de 2016. Entende-se como suicídio assistido, a forma que o paciente terminal tem de acabar com sua própria vida com medicamentos prescritos para este fim p…