Falando de coisas sérias

Reluto muito para escrever sobre certos assuntos aqui no blog porque gosto de manter um lugar leve, com informações que sejam relevantes e úteis para quem lê, mas como é o meu canto, estou com vontade de falar sobre os últimos acontecimentos daqui e do Brasil.

Tiroteio na Califórnia
Há 3 dias aconteceu em San Bernardino um tiroteio que deixou 14 pessoas mortas e 17 pessoas feridas. Num primeiro momento as autoridades não queriam falar muito sobre os atiradores que tinham escapado do local e depois que eles foram encontrados e mortos num confronto com a polícia, pouco se sabia ou era divulgado sobre eles. Isso deixou o povo por aqui muito alarmado e desconfiado de que se tratava de um ato terrorista e que as autoridades não queriam falar o que sabiam.
No dia seguinte as identidades das pessoas foram divulgadas, além de sua religião e ligações com supostos grupos terroristas. Pronto, começou o discurso de ódio de muitas pessoas contra os muçulmanos e alguns grupos até tiveram que ir até a televisão dizendo que não davam apoio e não concordavam com mais este ato horrível cometido por uma pessoa e não por uma instituição inteira. O problema é que muitas pessoas associam terrorismo a um determinado grupo religioso e todo mundo paga o pato.
Me dá medo e preocupação ouvir certos candidatos à presidência deste país falarem discurso que são tão racistas, tão ignorantes que me assusta como é que eles tem a "liberdade" de falar estas coisas abertamente e não serem processados. SE eu falasse metade do que eles falam, já estaria presa com certeza.
E aí entrou novamente em discussão o porte de armas de fogo por civis. Uma coisa que eu nunca vou conseguir entender é a paixão fervorosa que existe entre os americanos de garantir o direito do cidadão comum de portar armas porque a Segunda Emenda da Constituição garante este direito. Até hoje ninguém conseguiu me dar uma única razão para qual um cidadão comum precise ter um fuzil que foi construido com o único intuito de matar o mais rápido possível o maior número de pessoas. Ter mais armas de fogo nas ruas não é a solução para diminuir a violência, mas as pessoas aqui parecem que não entendem isso... E me dá medo, muito medo de escutar um discurso parecido aparecendo no Brasil...
Se você parar para pensar muito nem saí de casa, porque alguém pode começar um tiroteio sem razão alguma num shopping, no cinema, numa faculdade, num hospital, num ponto turístico... Infelizmente escolas estão dando treinamento para professores e crianças do que fazer num caso de tiroteio, coisa que tem se tornado "comum" neste país. Nem consigo expressar o quanto isso é errado e o quanto isso me deixa indignada e preocupada...

Impeachment ou não, eis a questão...
Esta semana o processo do impeachment da presidente Dilma foi aceito pelo presidente do Congresso e o processo vai começar e vai ser longo... Ouvi discursos da presidente e do Eduardo Cunha e olha, me revira o estômago ouvir discurso dos dois. Um acusando o outro, o sujo falando do mal-lavado. Não sei se o impeachment acontecer, as coisas irão melhorar, mas acredito que alguma coisa tem que ser feita para limpar esta sujeirada desta corrupção deslavada e descarada que está acontecendo no Brasil.  O dinheiro que foi desviado acho que daria para cobrir as despesas do governo federal e ainda sobrava! O Brasil não é um país pobre, é um país mal administrado e infelizmente quem acaba sofrendo é o povo brasileiro que paga imposto, trabalha duro e não tem o retorno do que investe. Sinceramente espero que toda esta sujeirada seja limpa e as pessoas comecem a abrir os olhos e perceber que não é a pessoa A ou B ou o partido X ou Z que são bons, mas cobrarem de seus políticos leis que beneficiem ao povo e não somente algumas pessoas.

Vitória da democracia!
Mas nem só de más notícias vivemos esta semana... o grupo de estudantes que estavam protestando em São Paulo e ocuparam várias escolas, foram mal tratados pelos policiais militares conseguiram se fazer ouvir e fizeram com que o governador Geraldo Alckmin voltasse com a decisão de reorganizar as escolas por faixa etária e fechar algumas escolas.
Bato palmas para estes jovens que lutaram pelo o que acreditaram, mesmo quando muitos alunos e até mesmo professores estavam contra a atitude deles, pois com as escolas ocupadas os dias letivos irão se arrastar por dezembro a dentro e até mesmo pode ser que vá até janeiro, sacrificando as férias. Alguns se sacrificaram para o benefício de todos.
Só espero que estes mesmos alunos que brigaram pelo direito de ter escolas abertas e de uma melhor educação sejam os mesmos alunos que respeitem seus professores e colegas, estudem e cuidem do patrimônio da escola. Não adianta nada protestar por uma educação melhor e não ir pra escola e estudar. MInhas duas irmãs são professoras e escuto com tristeza e horror as coisas que elas escutam e enfrentam em salas de aula, num sistema de ensino falido que não cobra do aluno nada além da presença para não reprovar de ano. Espero também que este seja o começo de uma reforma de verdade no ensino público de São Paulo, porque a coisa está feia por lá!

Tanta coisa ruim acontecendo ao nosso redor que é muito fácil ligar a televisão e ficar desanimado com o que acontece a  nossa volta, um sentimento de apatia e revolta muito  grande. Só se fala em crise ecônomica, recessão, guerra, desastre ambiental.. mas é preciso no meio disso tudo lembrar que somente as coisas ruins que dão ibope e que são noticiados. Há tanta coisa boa e bonita no mundo, que acaba passando desapercebido por nós. Por isto tente semear agora e sempre coisas boas por onde for, pelas mídias sociais, emails, cartas, conversas, blogs, txt messages, whatsapp messages... a gente precisa de carinho, de amor, de dar risada, não de vídeos com crueldade, notícias ruins, coisas feias, palavras cheia de racismo e ódio... é isso que tenho tentado fazer e até mesmo parei de assistir notícias e tenho escolhido com muita cautela as minhas fontes de informação.
Não podemos perder a esperança no amor e termos fé de que dias melhores virão e que Deus nos proteja.

Comments

  1. Gosto muito de seus posts e esse como sempre achei perfeito. Também estou dando um tempo nos telejornais, ando cansada de tanta tragédia. Em relação ao impeachment temos que concluir esse processo, não podemos aguentar mais 3 anos com essa criatura no poder. Seja como for alguma coisa precisa mudar. O tempo do Cunha também vai chegar mas o momento pede com urgência a saída do PT do comando da nação. Quanto aos alunos de S. Paulo estão confusos, mesmo com a mudança de atitude do governador continuam ocupando as escolas e não sabem na verdade o que reclamar mais. Estou achando muito suspeita a atitude deles.
    Enfim vamos aguardar os próximos passos deste nosso Brasil perdido em tanta lama.
    Uma ótima semana pra você.
    Um carinhoso abraço
    Rose

    ReplyDelete
    Replies
    1. oi Rose! Obrigada pelo seu comentário e por suas palavras tão carinhosas!
      Pois é, todo dia tem uma novidade nova pra fazer entrave no processo de limpeza da política brasileira... me dá tanta agonia! Quero que as coisas sejam resolvidas de uma vez! Em relação aos alunos de São Paulo agora meio que virou baderna né? Também não entendo porque da confusão continuar se eles foram atendidos. É aguardar e ver o que acontece!

      Delete
  2. Concordo muito, viu? Não se pode combater violência com mais violência. Se todo mundo tiver uma arma "para se defender", quem julgará como e de quem se defender? Viver ou morrer se torna uma decisão tão banal que me dá até calafrios de pensar.
    Mas penso que as pessoas muitas vezes apoiam esta questão das armas por se sentirem desesperadas, desoladas, revoltadas, sentem o peso da impunidade, a impotência de não poder fazer nada, ou de não saber o que fazer.
    Não justifica, mas acho que ajuda a compreender o porquê de muitos quererem combater violência com mais violência.
    Eu também deixei de assistir e ouvir noticiários, "desamiguei" amigos do face que postavam imagens de desgraças... em geral o fim disso é tentar conscientizar a população, mas eu discordo. Na verdade acho que ficar navegando entre fotos e vídeos de tragédias não só não ajuda em nada (afinal, que acontecem desgraças no mundo todo mundo já sabe, se quiser ajudar, melhor deixar o scroll do face e dar likes e se voluntariar num abrigo, asilo, arrecadar alimentos, etc) como também nos insensibiliza, tornando corriqueiras aquelas imagens para nós.
    Mais uma vez, meu comentário foi quase um romance. Rsrs.
    Um abraço!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Mari, gosto dos seus comentários :-).
      Pois é, dá até para "entender" que as pessoas queiram se armar para se proteger quando sentem a questão da impunidade, mas como explicar a mentalidade das pessoas daqui que vivem em um lugar seguro? Complicado demais viu Mari...
      E você está certa quanto à ficar tão exposta à coisas ruins que acabam se tornando insensível à elas. E eu sempre fico chocada com imagens que circula por aí de pessoas mortas, doentes... fico me colocando no lugar das pessoas que as conhecem, da família, dos amigos, eu ficaria revoltada e muito machucada se visse uma foto de um ente querido circulando pela internet. Mas infelizmente as pessoas não pensam nisto antes de postar estas coisas... e vamos nós fazermos a diferença!

      Delete
  3. Eu aqui de novo. rs

    Eu li que vendas de armas bateram o recorde no black friday esse ano, é terrível, é doentio, vi hoje uma reportagem sobre uma família daqui, todos com armas na foto de um cartão de Natal, está sendo bem criticada.

    Concordo com você, não podemos generalizar nada, há loucos e fanáticos de todos os tipos, porém entendo o medo e até desespero de muita gente, pois pelo que li, ninguém esperava que tal ato viria do colega de trabalho, não percebiam nada de errado até certo ponto, mas infelizmente a coisa é assim, bem imprevísivel.

    Está tudo mundo bagunçado mesmo no BR, a currupção num nível inacreditável, hoje li isso "Um terço dos integrantes da comissão que vai analisar o impeachment de Dilma Rousseff responde a acusações criminais no STF. Crimes de responsabilidade, corrupção, lavagem de dinheiro, crimes eleitorais e contra a Lei de Licitações são algumas das acusações criminais que pesam contra os deputados". É triste.

    Eu também estou tentando ler menos, eu gosto de notíciarios.
    A sensação que dá é a de está perdendo a esperança, mas estou contigo, há coisas maravilhas para se apreciar e ainda muitas pessoas boas também, que possamos focar no lado bom da vida e das pessoas, eu tenho muito que exercitar isso.

    Bom fim de semana :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Kel, quanto tempo!!! Pois é, esta semana mostrou nas notícias aqui na Califórnia que as vendas de armas próximas daquela cidade de San Bernadino cresceram mais de 60%! Eu sinceramente não entendo...
      As pessoas estão assustadas sim, mas estão mirando os muçulmanos e isso não é justo sabe? E quando tem aqueles tiroteios em escolas, faculdades? Ninguém fica com medo dos colegas de classe, dos professores... acho que as pessoas estão num estado de histeria sabe? E tudo fomentado pela mídia, infelizmente...
      Mas vamos fazer a nossa parte e espalhar coisas boas, não é mesmo? E pra nós que somos cristãos e lemos a Bíblia, não é novidade nenhuma o que está acontecendo pelo mundo...

      Delete
    2. Concordo, por isso que disse que há loucos, nem acredito que essas pessoas sejam religiosas de verdade (falo dos fatos em Paris e aqui), como não acredito que o presidente da câmera federal Eduardo cunha seja cristão de verdade, digo de verdade só para enfatizar, pois, ou é ou não é.
      Verdade, sabemos o que está por vir de acordo com a bíblia.

      Delete

Post a Comment

Deixe seu comentário, dúvidas, sugestões ou perguntas para a Paulistana na Califórnia!
Seu comentário será lido e respondido assim que possível!
Obrigada!!

Popular posts from this blog

É legal viver ilegal nos EUA?

...

O dia que a professora de espanhol quase enfartou em classe