Searching for Sugar Man

Foi numa conversa na aula de espanhol após a cerimônia do Oscar que ouvi o nome deste filme pela primeira vez. A minha professora disse que o filme havia ganho o prêmio de melhor documentário e que tinha sido filmado quase que em totalidade com um iphone. A história parecia interessante.
Um cantor de Detroit que simplesmente nunca foi conhecido ou reconhecido nos EUA foi um grande sucesso, maior mesmo que Elvis Presley e Rolling Stones, na África do Sul. Dizem que ele fez a cabeça da geração rebelde que lutava contra o Apartheid no país. Era um ídolo mas pouco se sabia sobre o mesmo. Infelizmente as notícias que chegaram era que ele havia se suicidado. E o mito continuou e cresceu. E ele vendeu milhões de discos e depois CDs para gerações de sul-africanos. Até que um dia alguém resolveu buscar a verdade. Tentar encontrar este tal de Rodriguez e saber o que realmente causou a sua morte.
O documentário é cheio de entrevistas e recheado com as músicas tristes e fortes do cantor. E no meio do filme você fica tenso no sofá querendo saber o que aconteceu com o mistério, até que você vibra e chora com as respostas encontradas.
Não vou contar mais sobre o documentário, mas gostaria de colocar aqui as lições que este lindo documentário trouxe pra minha vida:

O cantor veio de uma família pobre e viveu numa cidade cheia de violência, drogas e pobreza. Detroit não era exatamente um lugar lindo para se viver naquela época. Mas ao invés do cantor transformar a situação que via em revolta, amargura, ele transformou em poesia, em música. Assim como um dos seus colegas de trabalho que foi entrevistado durante o filme disse, "Você pode transformar coisas ruins que estão ao seu redor em algo lindo.". Eu não acredito que uma pessoa que não nasceu em condições favoráveis seja condenada a viver uma vida ruim, de pobreza, de amargura. O meio irá sim, de certa forma influenciar a forma como vivemos, mas cabe somente a nós decidir se esta inflência será negativa ou positiva.

A nossa vida tem um impacto enorme na vida de outras pessoas, de uma forma que as vezes a gente não tem a menor idéia. Assim como o cantor que não tinha a menor idéia do quanto as suas palavras ajudaram a mudar a cabeça de uma geração a lutar abertamente contra opressão, nós não temos a menor idéia do quanto podemos influenciar com a nossa vida e com as nossas palvras a vida de outras pessoas. Por isto devemos sempre tentar plantar coisas boas, não somente no nosso jardim mas também no jardim dos outros. Nunca pense que a sua vida não tem valor e que você jamais fará a diferença no mundo porque você é uma pessoa importante e única.

Os sonhos só morrem quando deixarmos de alimentá-los. Uma pessoa no filme disse: "Não é porque alguém é pobre e tem uma situação desfavorável que não tem a capacidade de sonhar e fazer coisas maravilhosas". Que mais bela verdade. Todos nós somos capazes de sonhar e fazer os sonhos se tornarem realidade, a não ser que desistamos deles. Talvez não seja a realização imediata ou da forma que se esperava, mas um dia se tornará realidade. Aprendemos tanto com as pessoas ao redor, não importa se é o gari ou o presidente. Todos tem dentro de si algo de belo e importante para compartilhar, esteja atento as oportunidades e aprenda com os outros. Ajude sonhos a se transformar em realidade e se não puder fazer nada, pelo menos não mate os sonhos de outra pessoa por mais impossíveis que pareça porque pode ser que seja a única coisa que esta pessoa tenha para ter forças para viver.

Seja você mesmo. Seja humilde. A humildade é uma das mais belas qualidades que uma pessoa pode ter. Fiquei impressionada com a humildade do cantor Rodriguez, a forma simples das suas palavras, o seu estilo de vida. A sua humildade foi inspiradora e cativante.

Um dia, você irá colher os frutos do seu trabalho. Por isto, preste bem atenção no que está plantando nesta vida.

Aqui está o trailer oficial do filme, quem está no Brasil acho que o título é "Procurando por Sugar Man", mas não tenho certeza. Se tiver oportunidade, assista o filme e inspire-se! E me deixe suas impressões sobre o mesmo.


Comments

  1. Que inspirador ... Amei e concordo com voce ninguem 'e melhor que ninguem e nao importa se uns tem uma vida mais estavel e outros sao menos favorecidos,acho que o que cada um tem dentro de si tem o poder de mudar tudo ao seu redor,'e como uma frase que vi em um filme que mesmo que nosso corpo esteja preso nossa mente poder ir a qualquer lugar,ou seja podemos sonhar com aquilo que quisermos e por mais que alguem queira nos tirar isso nao podera ... Vou procurar assistir esse filme ... Obrigada pela dica e parabens pelo post.
    DEUS abencoe e proteja vc bjao :*

    ReplyDelete
  2. Eliana, eu ví a premiação do Oscar e fiquei super curiosa para assistir este documentário, com o seu post esta vontade só aumentou. Adorei o insight que vc colocou sobre o documentário. Mto verdadeiro!! Adorei o post!! Bjsss

    ReplyDelete
  3. Julhia: este é o tipo de lição que jamais deveríamos esquecer...

    Aline: Obrigada! Tenho certeza de que você vai gostar, depois que assistir me diz o que achou

    ReplyDelete
  4. Eu demoro a vim(sou atoa) mas quando venho sempre saio leve com forcas pra tocar o dia, gosto muito da forma que vc faz com coisas simples se tornem especiais, gosto muito viu?Obrigada!!!
    Eu agora querendo ver esse documentario..rsrs
    bja!!!!!

    ReplyDelete
  5. Wilqui... que bom que encontrou do post. Assista que vale a pena!

    ReplyDelete

Post a Comment

Deixe seu comentário, dúvidas, sugestões ou perguntas para a Paulistana na Califórnia!
Seu comentário será lido e respondido assim que possível!
Obrigada!!

Popular posts from this blog

É legal viver ilegal nos EUA?

...

O dia que a professora de espanhol quase enfartou em classe