Remédios nos EUA

A primeira vez que entrei em uma farmácia nos EUA quase tive um treco e também rolou uma lagriminha no meu olho de emoção. Deixa eu explicar...
O treco foi em ver a quantidade enorme de medicamentos que você pode comprar na farmácia sem precisar de receita médica, os chamados "Over the counter medication". Colírios, remédios para dores, problemas digestivos, respiratórios, até para tratar problemas femininos, vitaminas, tudo ali ao alcance das mãos. E os americanos fazem uso destes medicamentos! Acho até eles um pouco hipocrondríacos, mas sabendo o quanto custa uma visita ao médico, dá para entender porque as pessoas se auto-medicam aqui.
A minha emoção foi encontrar um corredor com vários tipos de Tylenol, o único analgésico que posso tomar já que sou alérgica a aspirina.
Agora, se você precisar de um antibiótico ou tratar problemas de saúde mais sérios ou até mesmo anticoncepcionais, será necessário a receita médica que só é obtida após uma consulta com um médico, são os chamados "Prescribed medications"
Algumas farmácias como o Walgreens e a CVC possuem um consultório onde existe uma enfermeira licenciada para prescrever medicamentos, então ela pode passar a receita para males mais comuns como uma pneumonia por exemplo.
O que acho super interessante é que você não saí com a receita na sua mão. O médico envia a sua receita com todas as instruções como : quantidade de comprimidos, quando tomar, por qual período direto para a farmácia. Você informa para o médico a farmácia mais próxima da sua casa e a receita é enviada pra lá.
Isto é feito para que as pessoas não vendam remédios controlados e para que não haja abuso de medicamentos. Se você precisa tomar um remédio de uso contínuo como por exemplo para pressão alta, você recebe 30 comprimidos para um mês e só apenas depois de quase 30 dias é que você pode pegar mais medicamento, assim se evita o uso demasiado ou errado de remédios.
O uso de medicamento é pessoal e intrasferível, no frasquinho do remédio tem o seu nome, o nome do seu médico, as instruções de uso, a cor e forma dos comprimidos e o nome do componente ativo.
Agora uma coisa que eu acho engraçada por aqui... da última vez que viajei para o Brasil precisei pedir com antecedência alguns remédios pois os que tinha iriam terminar enquanto estava viajando. Apenas liguei na farmácia e disse que iria viajar ao Brasil de tal a tal data. Achei que eles fossem pedir a passagem como prova de que iria viajar mesmo, mas eles não pediram nada. Talvez se fosse um remédio "tarja preta" ele fossem mais rígidos.
O valor dos remédios variam muito de acordo com o convênio médico que você tenha. Alguns planos cobrem a medicação 100% outros você precisa pagar uma parcela que pode ser um valor pequeno. Se a pessoa nã tiver plano de saúde, os medicamentos podem ser muito caros, lembro de ter tomado um antibiótico por 3 dias que custou 120 dólares a 7 anos atrás! E o xarope pra tosse que o médico me receitou iria custar 500 dólares, então não comprei, preferi tomar um xarope  Anticoncepcionais por lei não são cobrados, mas é preciso receita médica.
O bom mesmo é não precisar tomar nenhum remédio, mas se você é alérgico a algum medicamento ou precisa tomar um determinado medicamento e não sabe como se chama aqui, o importante é conhecer o principal ingrediente ativo do seu medicamento, aí só procurar no Google que geralmente o princípio ativo dos medicamentos são muito parecidos, pra não dizer iguais ao inglês.
E nunca confie no Dr. Google, se estiver sentindo que alguma coisa está errada, procure orientação médica, não tome remédio sem indicação, mesmo que seja "over the counter" porque pode trazer mais problema do que a solução que se espera.

Comments

  1. interessante saber que anticoncepcionais não são cobrados. no canadá eles são e vc também precisa passar por um profissional para comprar. achei bobagem, mas depois entendi a razão e até concordo. são medicamentos como qualquer outro e oferecem riscos à saúde. melhor se consultar antes de decidir usar e qual.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Antigamente eles eram cobrados, mas há 2 anos devido a uma mudança no sistema de saúde americano foi aprovado que anticoncepcionais seriam dados gratuitamente. Isto deu um rebuliço aqui que você não tem idéia!

      Delete

Post a Comment

Deixe seu comentário, dúvidas, sugestões ou perguntas para a Paulistana na Califórnia!
Seu comentário será lido e respondido assim que possível!
Obrigada!!

Popular posts from this blog

É legal viver ilegal nos EUA?

...

O dia que a professora de espanhol quase enfartou em classe