Como se livrar de multas desnecessárias em San Francisco

Semana passada tive que ir ao consulado brasileiro em San Francisco, que fica bem no centro financeiro da cidade. Um lugar que fica convenientemente localizado próximo de uma das estações de metrô da cidade, mas eu não moro em San Francisco, então a minha opção para chegar mais rápido é ir até a cidade de carro.
Eu ODEIO do fundo do meu coraçãozinho dirigir no miolo da cidade. Se for para ir nas partes periféricas, é tranquilo, tenho meus atalhos, mas quando tenho que dirigir no centro da cidade eu preciso primeiro do GPS e de muita, muita paciência.
Todo mundo vai dizer que dirigir em cidade grande é a mesma coisa, os mesmos problemas com muitos carros e poucos lugares para se estacionar. Adicione a isso muitos, mas muitos ciclistas que usam na maior parte da cidade as mesmas faixas dos carros, os bondinhos, os pedestres e claro, os "perdidos" e os morros da cidade (sempre agradeço nestas horas pelo carro automático). Sempre acabo chegando no destino final, mas não sem antes uma dose de emoção e um pouquinho de raiva.
Agora em toda a parte da cidade existem construções, o que acaba invibializando os poucos e disputadíssimos locais para estacionar na rua, que não são baratos, mas são convenientes, já que as garagens para estacionar na cidade cobram uma fortuna por apenas algumas horas.
Se você for para San Francisco, evite ter um carro na cidade pois praticamente não existe um lugar para se estacionar de graça, principalmente por muitas horas ou durante a noite, por exemplo.  Agora, se você for corajoso ou precisar dirigir na cidade vou citar abaixo algumas dicas que podem salvar a sua vida e o seu bolso, evitando que seu carro seja multado e até mesmo guinchado.

  • Preste atenção nas cores das "guias" das calçadas! Não sei se estas regras de cores de calçadas existem em outros estados americanos ou no Brasil, mas antes de estacionar o carro certifique-se de que a calçada não esteja pintada das seguintes cores que restringue/proibe a parada de carros:

Vermelho: não estacione. Ponto final. Você será multado e provavelmente guinchado. Geralmente calçadas vermelhas estão perto de saídas de garagem, perto de hidrantes, pontos de ônibus, curvas.
Exemplo de calçada vermelha onde é proibido estacionar

Amarelo: parada para carregamentos comerciais. É o lugar onde caminhões e vans podem estacionar para descarregar/carregar e geralmente tem um tempo limitado também. Somente carros comerciais podem estacionar nestas vagas
Branco: entrada/saída de passageiros. É possível parar nas calçadas brancas, mas geralmente não por mais do que 5 minutos e somente para a descida ou subida de passageiros no veículo. O motorista precisa estar no carro a todo momento. Geralmente estas calçadas estão em frente de escolas, restaurantes, hotéis, hospitais.
Verde: parada por tempo curto. É possível estacionar nestes locais por um tempo curto como por exemplo 15 a 30 minutos. Geralmente em frente a pequenos estabelecimentos comerciais, caixas eletrônicos, etc. 
Azul: estacionamento para pessoas que possuem a placa de deficiente. Não há restrições ou tempo de limite para estacionamento desde que o veículo esteja com a placa de deficiente. Estacionar nestes lugares sem esta placa é uma falta grave.

Placa de deficiente temporária
Placa de carro de deficiente
  • Street Cleaning warnings: existem por toda cidade placas indicando o dia da semana e o horário em que a rua é limpa por um caminhão da prefeitura, que passa sempre no horário indicado para limpar as beiradas das ruas. Carros são multados com certeza se você estacionar naquele horário, sempre passa o fiscal de trânsito uns minutos depois do horário determinado e passa multa sem dó em quem estiver parado por lá.
Exemplo de placa restringindo estacionamento por conta de limpeza da rua
Caminhão que faz a "limpeza" da rua
  • Restrições por conta de eventos/construções: às vezes o local para estacionar está vago e você estaciona, só para ver que há uma placa próxima ou mesmo pregada no parquímetro. Observe os horários e dias para a restrição, pois às vezes eles colocam com alguns dias de antecedência para que as pessoas que costumam estacionar naquele local fiquem cientes que de em determinado dia, aquele local estará indisponível, mas pode ser que esteja válido e a sua parada ali vai custar uma multa e até mesmo guincho em caso de eventos públicos onde a rua será fechada por exemplo.
Exemplo de restrição temporária
  • Respeite os horários dos parquímetros eletrônicos. - O valor para estacionar na rua depende do lugar e do dia, pois dependendo da oferta/demanda pode ser que fique mais caro ou mais barato. Achei no lugar perto do consulado um que custava 3 dólares a hora e o limite para estacionar era de apenas 2 horas em horário comercial. Leia sempre as instruções do parquímetro como limite para estacionar e dias de funcionamento, porque em alguns casos não é preciso pagar o parquímetro nem dias de domingo, por exemplo. Jamais pare em uma vaga cujo parquímetro esteja quebrado, pois se você não pagar a taxa, mesmo que seja culpa do equipamento quebrado, o fiscal vai te dar multa. A maioria é pago com moedas de 25 centavos, mas graças a Deus estão modernizando os parquímetros e agora você pode pagar com cartão de crédito ou então através de um aplicativo para smartphones onde você se cadastra, coloca os dados do seu cartão e aí só precisa colocar o número do parquímetro que está e adicionar o tempo que quer parar. E quando não houver parquímetro, leia com atenção as restrições de estacionamento.
  • Leia estas placas com atenção! Permits são concedidas apenas para moradores daquela região
  • Lembre-se de virar o pneu do carro quando estacionar nos morros - além de garantir a segurança de que em caso o carro perca o freio, não vá parar no meio da rua e machucar alguém, evita-se uma multa também se você esquecer de virar o pneu quando estacionar. Se estacionar em uma subida, vire os pneus para fora da calçada, em direção à rua e deixe o carro voltar um pouco, pois o ideal é o pneu tocar de leve na calçada. Se estacionar numa descida, vire o pneu em direção para a calçada. Nestas situações, o ideal é sempre acionar também o freio de mão.
Sempre vire os pneus do carro quando estacionar nos morros!!!
  • Outra coisa importante, o máximo que você pode estacionar na rua em um mesmo lugar sem que haja restrições é de 72 horas. Se passar deste limite, o carro pode ser guinchado, eles fazem isto para que as pessoas não abandonem carros na rua.
  • Preste atenção com os pedestres e bicicletas!! Na teoria as bicicletas podem circular nas mesmas vias que os carros quando não há ciclovia disponível, porém eles precisam respeitar as regras de trânsito, sinalização e limite de velocidade, porém na prática isto infelizmente deixa um pouco a desejar. Já tive que dirigir a 15km por hora porque havia uma bicicleta na minha frente e você não pode buzinar ou tentar apertar para ultrapassar porque você pode ser multado. 
  • Em teoria existe também em efeito na cidade de San Francisco uma lei que previne pedestres de "jaywalking" ou seja, atravessar as ruas em lugares que não sejam na faixa de pedestres. Em teoria eles receberiam multa caso sejam pegos (já tive colega de classe da faculdade que foi multado por isto), mas na maior parte do tempo as pessoas atravessam as ruas onde bem entenderem e como há lei na Califórnia em que o pedrestre sempre tem direito de atravessar em qualquer lugar que seja, preste atenção e esteja preparado para parar.
  • Você pode dirigir na rua onde passam os bondinhos. Apesar de morrer de medo do pneu escorregar, ou sei lá do bondinho atrás de mim não conseguir puxar o freio (os bondinhos de San Francisco são movidos por cabos e o freio é o motorista puxando uma alavanca que segura o cabo que está abaixo da superfície da rua), você pode dirigir no lado da rua em que os trilhos dos bondinhos estão.
Rua com trilhos para o bondinho - veja  o carro subindo a rua utiliza aquele espaço também
  • Se infelizmente você se envolver em um acidente, seja derrubando/machucando um pedrestre, ciclista ou até mesmo se você bateu em um carro que estava estacionado, SEMPRE pare e preste assistencia e espere a polícia chegar para prestar esclarecimentos, pois se você for embora, pode ser responder pelo crime de "Hit and run" (bateu e fugiu) e isto acaba agravando e muito a situação do motorista. Se você bater em um outro carro e não houver vítima, e o carro puder ser removido, vá para o lado da calçada e espere a polícia chegar para averigar o ocorrido. Geralmente o policial já faz o boletim e indica ali mesmo quem seria o responsável pelo acidente e aí a outra pessoa precisa passar informações como nome, telefone e o seguro do automóvel para que o outro receba a assistência necessária. Se bateu em um veículo que não esteja ocupado, deixe pelo menos no parabrisa do carro atingido o seu nome e telefone para trocar informações com o dono do veículo. É a coisa certa a se fazer e também evita problemas futuros, pois um conhecido quase foi preso porque arranhou um carro estacionado e ele "fugiu". só que ele foi pego por uma câmera de segurança e dias depois a polícia o parou na estrada por "hit and run".

Espero que estas dicas ajudem de alguma forma e sempre fique de olho pois os guardinhas de trânsito aparecem do nada por aqui e eles estão em serviço principalmente em pontos turísticos da cidade.

Atenção com os guardinhas prontos para multar infratores!

 * Todas as imagens foram retiradas do google, exceto a da calçada vermelha retirada do site sfmta.com


Comments

  1. ola uma prazer conhece-la estou lendo tudo e tentando entender minha futura rotina, daqui um ano e maio meu marido mudara conosco para california, tenho 2 filhas e estou estudando condado, escolas e tudo. obrigada pelas suas dicas preciosas

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oi Juliana! Fico feliz em poder ajudar de alguma forma! Preparar-se para uma mudança tão grande pode trazer muito stress mas quanto mais informações você tiver melhor será! Boa sorte pra vocês tenho certeza de que irão amar a cidade.

      Delete
  2. Muito boas as dicas… Já tinha lido antes de viajar para a Califórnia no início de dezembro.
    Aluguei um carro e fui multado pelo radar ao cruzar o sinal vermelho — é o conhecido problema dos cruzamentos longos e de muito tráfego em Los Angeles; a luz amarela ficou vermelha em poucos segundos e eu ainda estava atravessando o cruzamento; não tinha como parar no meio dele…
    Recebi a notificação da multa via locadora, que informou que não vai efetuar o pagamento (cobrou $30 como taxa de serviço para repassar meus dados às autoridades de L.A.).
    Qual o procedimento para pagar? Informaram apenas o link http://www.lacourt.org. O que devo fazer? Como proceder? Não encontrei nem o valor a ser pago..

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oi Anônimo! Obrigada pelo seu comentário e fico feliz que as dicas tenham sido úteis... Sinto muito que você tenha recebido uma multa! Bom, eu entrei no link que você passou, existe no topo do site um link chamado "self help" lá você pode procurar a sua multa pelo número da multa e com este número você consegue pagar online naquele site mesmo. Entre em contato com a locadora e pergunte por maiores informações sobre a multa, o número da multa. Se possível peça uma cópia da carta que eles receberam. A multa depende do valor da violação, por isto é importante você ter o número da multa. Espero que tenha ajudado!

      Delete
  3. Muito obrigado... Ajudou bastante... Minha multa ainda não foi lançada no sistema deles. Prazo para pagamento é até o fim de janeiro. Espero que até lá haja o lançamento para eu poder pagar e regularizar a situação. Valeu

    ReplyDelete
  4. Bom dia... vi naquele site que a multa já foi lançada.. o que eu gostaria de saber é se você tem ideia desses valores.. a cobrança é de usd 490 por avançar o sinal vermelho.. mais usd 5 de taxa de processamento e tal.
    Tem alguma informação a respeito? É caro assim mesmo?
    Obrigado mais uma vez

    ReplyDelete
    Replies
    1. Infelizmente é este o valor da multa mesmo anônimo... acabei de fazer uma pesquisa no google... acho que o pagamento você faz por aquele site, e infelizmente acho que não dá para parcelar. :-(

      Delete
  5. super ajudou a confirmação do valor... valeu mais uma vez..

    ReplyDelete
  6. Olá Paulistana, muito bom seu post. Estou arrancando os cabelos aqui para ver o que faço no meu roteiro. Infelizmente comprei primeiro a passagem para depois traçar o roteiro. Bom meu roteiro se resume em, chegar em Los Angeles, pegar o carro e seguir para Vegas, fico dois dias em Vegas e vou para São Francisco, lá fico mais três dias e vou para Los Angeles pela Highway One. A minha grande dor de cabeça está em praticamente ser obrigado a ficar com o carro em São Francisco, uma porque já aluguei o carro e outra que pegá-lo em um lugar e devolver em outro fica bem mais caro. Gostaria de ver se consegue me ajudar na questão de estacionamento, pois não estou conseguindo achar nada por um preço razoável. Qual seria a sugestão? Não existe nenhum lugar "rua" sem "parkimetro" e que seja "permitido" que eu possa largar o carro por lá e pegar só no dia que for embora? Acha que o problema seria segurança ou de fato em todos os lugares tem "parkimetro' já que pelo o que vejo a maioria dos lugares é proibido estacionar ou tem algum tipo de restrição.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oi Rodrigo! Muito obrigada pelo comentário e por achar o post útil. O seu comentário me ajudou a encontrar um website muito útil que pode te ajudar com o problema de estacionamento em San Francisco. e que eu não conhecia! O site é https://www.xtreet.org/sanfrancisco , você pode encontrar informações de estacionamento como garagens, as restrições e vizinhanças para estacionar de acordo com o endereço da cidade. Já que você não conhece a cidade, posso te dizer que as áreas verdes são um pouco afastadas do centro da cidade, mas dá para acessar por ônibus. quando você clica em uma determinada rua, vai aparecer as restrições como o street cleaning - você tem que tirar o carro senão é multado! - um exemplo é a 23th x Balboa Street - é uma rua de uma região residencial onde o street cleaning acontece às terças 8 da manhã, ou seja, tirando este horário (evite mais ou menos 1h antes e 1h depois do horário estipulado), você pode deixar o carro por 72h. Desta rua, por exemplo, você pega um ônibus pra ir pro centro da cidade e vai te custar 1h e 2,50 pra buscar o carro. A melhor forma de saber rota de ônibus é usando o Google Maps mesmo. Espero que isso te ajude!! Sei que nesta rua Balboa passa o onibus 31 com direção à Ocean Beach, super fácil de pegar da rua principal que é a Market Street. Espero que esta informação te ajude.
      Agora um conselho sobre a Highway 1, uma parte dela está fechada até agosto de 2017 porque devido a muita chuva, uma ponte teve rachaduras e foi demolida e estará em construção pelos próximos 6 meses. Você pode viajar de San Francisco até Big Sur, mas de lá terá que seguir detour até a próxima parte que dá para entrar na Highway 1 de novo - não consegui achar informação sobre o detour atual.
      Espero que a informação ajude, envie email se precisar de mais alguma coisa!

      Delete

Post a Comment

Deixe seu comentário, dúvidas, sugestões ou perguntas para a Paulistana na Califórnia!
Seu comentário será lido e respondido assim que possível!
Obrigada!!

Popular posts from this blog

É legal viver ilegal nos EUA?

...

O dia que a professora de espanhol quase enfartou em classe